Category Archives: Devocional

Perdão para o imperdoável

por Marco G. de Paula*

O amor de Deus é algo extremamente curioso e bonito, é algo que foge da compreensão humana, todavia é simples. O homem desde a queda no Éden o homem se tornou indesculpável com Deus, tornando, assim, a humanidade corrupta, má, perversa e sem a possibilidade de fazer o bem (a não ser que a graça de Deus atue no mesmo). O ser humano vive ofendendo a Deus, e o que Ele oferece? O que Ele vê em uma humanidade corrupta, má e totalmente injusta?

Olhemos para a terrível verdade da Cruz. E essa terrível verdade está em Cristo ter morrido por nós quando ainda éramos pecadores (Romanos 5. 8). Olhemos para Cristo crucificado, todo pecado sendo representado nEle, e Deus esmagando-o (Isaías 53. 10). Tudo aquilo que era para o homem sofrer, a mais terrível ira de Deus e a sua raiva, Cristo sofrera por aqueles a quem Ele chama hoje de seu povo. Salmos 22 até o verso 6 diz:

“Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste? Por que te alongas do meu auxílio e das palavras do meu bramido?

Deus meu, eu clamo de dia, e tu não me ouves; de noite, e não tenho sossego.

Porém tu és santo, tu que habitas entre os louvores de Israel.

Em ti confiaram nossos pais; confiaram, e tu os livraste.

A ti clamaram e escaparam; em ti confiaram, e não foram confundidos.

Mas eu sou verme, e não homem, opróbrio dos homens e desprezado do povo.”

Olhe para a Cruz, e contemple o que é perdão e redenção. Olhe para o que Cristo fez e trouxe. Olhe para a propiciação. Deus trouxe o perdão através de Cristo. Todos os pecados se tornam em nada, olhando para cruz. Deus trouxe salvação para todo aquele que crê em Seu Filho, é Ele quem atrai o pecador a salvação (João 6. 44, 45) e o perdoa. Que grande amor é esse? Um amor de se entregar por aqueles que se rebelaram ao Amor, por aqueles que apenas sabem matar seus semelhantes, por aqueles que só sabem fazer o mal. Talvez você se pergunte se era necessário a morte de Cristo, e eu te respondo: “Sim!” porque apenas Cristo poderia satisfazer a ira de Deus (1 Co 15. 21; HB 7. 2; Rm 8. 3).

Cristo não é só tudo que temos, mas tudo que precisávamos, precisamos, e sempre precisaremos. Somente por Ele somos salvos. Ele nos procurou para que pudéssemos procura-lo, Ele nos buscou para que pudéssemos busca-lo, Ele nos amou para que pudéssemos amá-lo. Ele ressuscitou o morto em pecado e iniquidade, Ele ensinou o que é o Amor e ensinou a praticá-lo, Ele mostrou como é a Lei e ensinou o jeito de viver, Ele perdoou o imperdoável.

Marco G. de Paula*Marco G. de Paula é estudante e seminarista na Escola Teológica Reformada, formado em teologia pelo Instituto Bíblico Ebenézer, cristão protestante e blogueiro.