Arquivo de tag William Douglas

porPaulo Teixeira

Ateus fundamentalistas preferem a agressividade

O texto “Pimenta nos olhos dos outros, ateísmo ou religião“, de autoria do Juiz Federal William Douglas expressa bem como agem alguns fundamentalistas ateus que não sabem convencer com argumentos plausíveis, os que crêem na existência de um Deus a deixarem de fazê-lo. Os fanáticos preferem partir para ataques à fé alheia, crendo ser esta a única maneira de promover o ateísmo.

Cita-se como o exemplo os ataques desferidos por supostos ateus, em mensagens pela internet ao pr. Rubens Teixeira, por este ter questionado em um debate televisivo a prova científica do ateísmo e o vídeo ter parado no Youtube, postado no canal “Amigos de Rubens Teixeira”.

É bem verdade que em todo grupo religioso, filosófico ou político há os que sabem defender suas posições, respeitando opiniões contrárias, como também outros que preferem partir para o radicalismo. Entre os ateus isto não é diferente.

Outro que possivelmente tem sido alvo de alguns ateus é o apresentador Datena, da Rede Bandeirantes. Reiteradas vezes  tem reclamado em seu programa das ações  de ateus contra si.  Ao referir-se a crimes brutais, Datena tem frisado que quem comete tais ações, só executam-na por não terem  Deus no coração.  Provavelmente pessoas que dizem não crer na existência de Deus tem  tomado tais  palavras como ofensivas a si.

Fato é que agindo com agressividade,  procurando desqualificar a fé de quem crê na existência de Deus, os ateus nunca convencerão alguém que seus argumentos são válidos.

Abaixo o vídeo que tem causado a ira de supostos ateus:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=cOcRc1NpY08&tracker=False]

Neste outro vídeo o pr. Rubens Teixeira, após ser procurado por uma internauta, explica detalhadamente que respeita os ateus e defende a liberdade de expressão deles, mas ratifica sua fé em Deus e fala também sobre seus títulos acadêmicos, os quais foram colocados em xeque por alguns supostos ateus. O vídeo está no canal do Youtube “Deusepoder”:

“Diz o néscio no seu coração: Não há Deus”
(Salmos 14.1)